Connect with us

Papo de comunidade

Cabelinho na régua e autoestima em dia: conheça a Barbearia do JR, em Guadalupe

Published

on

Jr Barbearia Guadalupe — Foto:  Bruno Assunção / Reprodução

Há mais de uma década na profissão, Rogerio Fernandes Junior, de 28 anos, já fez vários cortes, inclusive em influenciadores digitais e jogadores de futebol.

Desde cedo, o verbo “correria” acompanhou a rotina do barbeiro, morador de Guadalupe, zona norte do Rio. Criado em Costa Barros, “JR”, como é mais conhecido na região, definiu a profissão que seguiria ainda jovem, quando observava com curiosidade o trabalho de amigos próximos.

“Quando vi amigos trabalhando com cortes de cabelo, eu pensei: ‘acho que consigo cortar também’. Então, comprei uma máquina simples e comecei a cortar. Percebi que tinha muita facilidade na área e resolvi ir adiante” , explica.

De lá para cá, a constante agitação em seu cotidiano se tornou uma aliada na sua trajetória profissional. Pois, devido a essa atividade, ele conseguiu abrir o seu primeiro salão profissional na Rua Marcos de Macedo, 723 – Guadalupe.

Jr Barbearia Guadalupe — Foto:  Bruno Assunção / Reprodução

Foi  lá atrás, na experiência adquirida em um salão na região de Costa Barros, junto com seu amigo de infância Cleverson, que o barbeiro estabeleceu como objetivo a abertura da sua própria barbearia. E, como ele mesmo conta, é nesta etapa da vida que a “correria” entrou ainda mais na rotina. Em busca de um espaço mais comercial para melhor atender os clientes e ter mais conforto, o profissional trabalhou em empresas antes, juntou suas economias e  recursos necessários para a concretização da meta de alugar o tão sonhado espaço comercial.

Corte feito por JR — Foto: Reprodução

Na procura desse espaço, um amigo telefonou para JR avisando sobre a disponibilidade de uma loja comercial na Rua Marcos de Macedo, 723 , em Guadalupe, Zona Norte do Rio. “Um conhecido me avisou sobre essa loja, então eu não perdi tempo, fui direto e graças a Deus consegui alugar. Deu tudo certo,” detalha.

O Barbeiro tem como integrante de seu time na barbearia Renan Gomes, que é primo dele, saiu da gerência da loja e entrou de cabeça na profissão de barbeiro.

Rogério Junior e Renan Gomes — Foto:  Bruno Assunção / Reprodução

 

 

 

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =

Papo de comunidade

Weltinho faz jus ao nome e leva o “Do Peri Pro Mundo”

Published

on

Famoso nas redes socias o empresário Welton Ferreira, 24 anos, tem “tirado onda” por onde passa. Dono da  produtora Do Peri pro Mundo, com apoio da BRFunk teve exclusividade em dirigir o clipe de seus artistas na favela da Rocinha, a maior da américa latina, na zona sul  e nas comunidades Matriz e Matinha, na zona norte do Rio. O empresário aproveitou o cenário das comunidades cariocas para retratar a música dos cantores Yuri, Bruno Prince, Lezin e Mc  Galera.

A página Do Peri pro  Mundo no Facebook chega a ter mais de 420 mil seguidores e o canal no Youtube passa dos 90 mil.

 

Continue Reading

Papo de comunidade

Defensor dos direitos humanos, Gabriel Monteiro enfrente oficial da PM e acaba com a farra na zona sul do Rio; vídeo

Published

on

A equipe do vereador Gabriel Monteiro estourou, na noite desta sexta-feira (11), um bingo clandestino em Copacabana, na Zona Sul do Rio. Ao todo, 36 pessoas foram detidas — a maioria era de idosos.

O estabelecimento funcionava na Rua Ministro Viveiros de Castro e possuía várias máquinas de videobingo.

A PM precisou chamar dois ônibus da corporação para levar os detidos até a delegacia.

Assista ao vídeo

Continue Reading

Papo de comunidade

Hungria quer proibir que se fale sobre homossexualidade nas escolas

Published

on

Uma proposta legislativa do governo do ultranacionalista Viktor Orbán que será debatida na próxima semana visa proibir que se fale sobre homossexualidade nas escolas da Hungria, uma medida semelhante à adotada pela Rússia em 2013, segundo a comunidade LGBTQIA+.

“O Fidesz (partido de Orbán), ao proibir temas LGBTQIA+ nas escolas e programas de conscientização social, limitaria severamente a liberdade de expressão e os direitos das crianças com uma legislação semelhante à lei de propaganda russa”, afirmam várias ONGs do país em um comunicado.

Continue Reading

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 O Canal é um parceiro do iG Gente.