Connect with us

Papo de comunidade

Vn Vinte troca o fuzil pelo microfone

Published

on

Vn Vinte - Foto Reprodução

Vn Vinte —  Foto Reprodução

Nascido em Caxias na baixada fluminense do Rio, o cantor Marcos Vinicius de 23 anos, conhecido  como MC Vn Vinte, deu uma entrevista exclusiva e sem cortes para o Jornalista Bruno Assunção, apresentador do O Canal Comunidade, da Rede NGT de televisão, no último dia 24 de abril. O cantor relatou na entrevista todo o seu sofrimento de infância após ter a mãe supostamente presa inocentemente.

— Eu entrei para o tráfico aos 9 anos de idade, não tinha ninguém por mim e eu ainda tinha que cuidar dos meus irmãos. —  Disse Vn.

— Você era o irmão e o pai dos seus irmãos ? — Perguntou Bruno Assunção.

— Eu era o irmão, o pai e a mãe também , porque quando eles choravam eu tinha que dar colo! Respondeu o cantor.

A entrevista com o cantor já passa dos 200 mil views

Clique para assistir

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − sete =

Papo de comunidade

Conheça Ronald Moreno, morador do Alemão que vem sendo destaque no Free Fire nacional

Published

on

Ronald Moreno — Foto Reprodução

Ronald Moreno é morador da Relicário, uma localidade do Complexo do Alemão, e aos 18 anos já flutua entre os principais jogadores de game FreeFire. Em 2 anos de carreira o jovem já conquistou 5 importantes campeonatos da modalidade. A prática de E-Games vem se tornado cada vez mais comum dentro do território das favelas. Por muitas das vezes a prática precisa apenas de um celular e conexão com a internet, e isso faz com que muitos jovens de comunidades tenham a oportunidade de chegar a novos horizontes.

O início na carreira de gamer aconteceu após uma lesão que Moreno teve durantes os tempos de base no futebol de campo, durante este período acabou se interessando pelo Free Fire. “Eu sempre gostei de jogar e era bom, naquela fase acabei decidindo por levar pra frente e continuar jogando sério”. Com esta decisão, a família acabou se preocupando com Ronald, mas pouco a pouco viram que foi uma boa decisão. “Meu avô, e minha família na hora ficaram com um pouco de medo né, de ficar o dia todo só no celular, mas depois foram vendo que não era só aquilo”.

O primeiro nome ficou de lado, no mundo dos e-games ele é conhecido apenas como Moreno, e em pouquíssimo tempo o jovem morador já está entre os principais nomes do Free Fire nacional. Atualmente ele faz parte da paiN Gaming, uma das grandes equipes mais tradicionais de esportes eletrônicos da América Latina, o time emulador que representa é o Faz o P, onde recentemente conquistou em São Paulo o primeiro torneio presencial deste ano de 2021.

Mesmo com a pouca idade Ronald Moreno é referência para muitos outros moradores do Complexo do Alemão e adjacências.  O gamer que possui quase 320 mil seguidores nas redes sociais, tem o reconhecimento por sua trajetória tanto na internet quanto nas ruas da comunidade. “Os menores me param na rua, pedem foto, dicas. É muito bom ver isso tudo, fico feliz, tem muita gente boa aqui (de Free Fire), mas precisam de oportunidade”.

Com o sucesso na carreira vieram a independência financeira e as conquistas pessoais, como sua moto e novos aparelhos eletrônicos para melhorar seu rendimento nos jogos. “Nunca desista dos teus sonhos! Se você quer, corre atrás, não desanimem com as dificuldades, sempre acreditem.

Continue Reading

Papo de comunidade

“Vamos parar tudo”, dispara sócio do DJ Gabriel do Borel após polícia decretar prisão de artistas no Rio

Published

on

Equipe do DJ Gabriel do Borel se posicionou após sucessivas prisões no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

Os artistas do Rio de Janeiro viveram um clima de tensão nas últimas semanas. Isso porque, logo após a prisão do cantor Belo, a Polícia Civil decretou prisão de Negão da BL e mais 13 por conta de baile funk na pandemia. Na tarde desta terça-feira (02), O Canal teve acesso exclusivo a um áudio do sócio do DJ Gabriel do Borel, que mostrou preocupação com a operação.

De antemão, a organização das ordens de prisão partiram das Delegacias de Repressão aos Crimes de Informática e de Combate às Drogas da Polícia Civil. O órgão identificou e pediu a prisão de 14 responsáveis por organizar bailes funks durante o carnaval no Rio de Janeiro. Entre eles estão MC Poze, DJ Markinho do Jaca e MC Negão da BL, Poze do Rodo e outros.

Apuração do Portal IG, identificou que, segundo a polícia, eles são acusados de crimes de infração de medida sanitária preventiva, epidemia bem como associação ao tráfico de drogas.

Posteriormente, a investigação apontou que as festas acontecem a céu aberto nas comunidades, sob controle, autorização e responsabilidade de grupos criminosos que comandam as áreas. Segundo o órgão público, os envolvidos “aumentam seus ganhos ilegais com a realização de tais eventos clandestinos”.

Da mesma forma, de acordo com a polícia, os acusados descumpriram decretos municipais e estaduais que determinam a suspensão de atividades que envolvam aglomeração de pessoas, além de desrespeitar a Lei do Silêncio e tocar músicas que fazem apologia ao crime.

Após denuncia, equipe do DJ Gabriel do Borel se posiciona:

Depois da série de denuncias e mandados de prisão em busca de diversos DJs e MCs, O Canal recebeu um áudio do sócio do DJ Gabriel do Borel, Eduardo Ferreira, que acabou se posicionando sobre o assunto.

Segundo o integrante da equipe de Borel, há uma apreensão por parte dos artistas cariocas. Em áudio, Eduardo desabafou: “Fiquei muito preocupado, mesmo! Estou correndo com alguns negócios e vamos parar tudo”.

Por fim, o empresário ainda afirmou que pretende parar com os show: “Até os shows do Borel que iríamos fazer, vamos parar tudo!”, contou Eduardo, que também é ex-empresário do cantor Biel.

Continue Reading

Papo de comunidade

Negro e morador de favela, Denis Costa começa a ser notado pelo Brasil

Published

on

Denis Costa contra um adversário — Foto Reprodução Redes Socias

Denis Costa contra um adversário — Foto Reprodução Redes Socias

Denis Costa, Morador de Nova Iguaçu, baixada fluminense do Rio, faz sucesso na Paraíba e é visto como uma das promessas do futebol brasileiro.

Filho de Glaucia e Jorge, Denis Costa Nascimento é uma das promessas do clube Desportiva Perilima de Futebol. O Clube é uma agremiação esportiva de Campina Grande, no estado da Paraíba, fundada a 8 de setembro de 1992.

A precocidade marca a carreira do lateral direito que em 2018 já defendia o Botafogo PB. Aos 20 anos muitos jovens estão na fase decisiva da vida que é escolher qual trajetória vai seguir, mas o carioca e simpático Denis Costa ao contrário de muitos jovens já sabe bem o que quer.

Denis Costa contra um adversário — Foto Reprodução Redes Socias

Denis Costa contra um adversário — Foto Reprodução Redes Socias

Com apenas 20 anos o jovem revelado por projetos sociais em comunidades da baixada, Rio, é o grande nome do Desportiva Perilima de Futebol para um futuro próximo.

O talentoso jogador que nasceu no bairro de Nova Iguaçu, na baixada do Rio, se inspira e tem como ídolo o jogador Bruno Henrique (Flamengo), mas que tem características e habilidades parecidas com a de Lionel Messi (Barcelona) de acordo com analistas.

Denis agora vive a expectativa de continuar evoluindo e se especializando no que faz de melhor. A espera pode ser até longa, mas parece ser inevitável.

 

 

Continue Reading

⚡EM ALTA

Copyright © 2021 O Canal é um parceiro do iG Gente.